ViagensAmérica do Norte • 06/12/2017

Roteiro de um dia em Miami Beach: para quem curte um café

Quem é louco por essa bebida negra e amarga me entende quando eu digo que uma das metas de qualquer viagem que faço é encontrar um bom espresso. Em qualquer lugar do mundo, quero provar café.

Em Miami Beach, quando viajamos nesse ano, não foi diferente quando fui montar meu roteiro de viagem: fui logo pesquisando os lugares mais recomendados para encontrar um café bem feito. E em torno desses locais, decidi a programação daquele dia em Miami e vou recomendar a vocês.

Manhã na Lincoln Road

Comece seu dia cedo, visitando a famosa Lincoln Road. Se chegar cedo por lá, você consegue boas vagas pra estacionar o carro, mas lembre-se que todas são pagas, até na rua.

Na Lincoln Road, você encontra as mais famosas marcas de roupas, joias, sapatos e comprinhas finas, além de galerias de arte e restaurantes. Ela é uma rua fechada e somente pedestres podem caminhar por lá. Tem uma extensão de mais ou menos 1 km, calçadas amplas com banquinhos para sentar e curtir, além de mesas externas dos restaurantes no meio da calçada.
Lojas para conferir:
Ulta Beauty: Se você é uma moça das maquiagens, não deixe de conferir a Ulta Beauty no final da rua, perto da praia – uma Sephora mais bagunçada e com melhores preços. Tem dois andares, o segundo é escondido e é exatamente onde ficam os produtos na promoção. Pergunte pela escada.
Anthropologie: uma loja maravilhosa que vende de tudo. Roupas, sabonetes, porcelanas para cozinha e banheiro, roupas de cama. Tudo misturado, mas sempre com um tema ou cor da coleção. São itens lindos, mas não tão baratos. Só que é tudo tão original que vale a pena dar uma olhada e guardar uma graninha pra lá de você curte objetos fofos de decoração.
Nespresso: mesmo que você não tenha uma, vale a pena passar lá pois é uma das vitrines mais bem produzidas da rua. Sempre tem um show. E, claro, tomar um espresso, já que a degustação é gratuita (um por pessoa, claro).
Britto: se você for fã do artista, ele tem uma loja única na rua que vende tudo no estilo já reconhecido dele. Lá é galeria, loja e espaço “brittístico” ao mesmo tempo.

Almoço no Aroma Espresso Bar

Esse restaurante simpático eu chamaria mais de bistrô. Não é difícil de encontrar pela fachada chamativa. O ambiente interno é bem gostoso, mas tem mesinhas do lado de fora se você preferir. Dependendo do clima, pode ser uma boa.

Aroma Espresso Bar em Miami Beach

Na verdade, é uma cadeia de restaurantes que tem por todo os EUA, mais ou menos como um Starbucks, só que com uma vibe mais slow food do que fast food. No Starbucks, você pega seu café depois da fila e só senta se tiver espaço naquelas bancadinhas, já que as mesas são poucas e geralmente lotadas. No Aroma, parece mais um restaurante. Então tem mesas maiores, espaços maiores em geral, e dá pra curtir numa boa seu café e almoço.

Aroma Espresso Bar em Miami Beach

Comida do Aroma Espresso Bar em Miami Beach
Até porquê eles servem pratos de comida mesmo. O cardápio é bem variado, com destaque para belíssimas saladas. Eu pedi uma salada de bulgur wheat (triguilho) e queijo libanês, enquanto Sr. Namorado pediu outra com cogumelos, tomates, pimentões e folhas diversas, além de um ovo de gema mole por cima. O meu prato nada mais é do que um tabouleh, feito com triguilho. Bem saboroso e bem temperado! Me senti segurando bem a dieta já no primeiro dia de viagem, com uma saladinha.

Mas e o café?
Estava deveras calor no dia que fomos, então optei por um Iced Coffee, café gelado. Sr. Namorado tomou um espresso e achou bem feito. Ambos reclamamos da intensidade, pois realmente os americanos não estão acostumados com café forte. Os espressos em geral costumam vir com mais água do que deveriam por lá, afinal se saísse no estilo brasileiro, acho que nenhum americano tomaria.

Saindo do Aroma, de barriguinha cheia, siga na pista MacArthur Causeway, que leva à ponte que liga Miami Beach ao continente, e você ao seu próximo destino…

Visita ao Pérez Art Museum Miami (PAMM)

O museu fica “no pé” dessa ponte e o acesso é facilitado se você estiver de carro. A pé, eu diria que é complicado, mas não impossível – no site do museu, eles explica todas as maneiras de chegar até lá, até de bicicleta.

O PAMM tem mais de 30 anos de existência e anteriormente se chamava Center for the Fine Arts, livremente traduzindo para Centro de Belas Artes. Em 2010, ele recebeu um novo lugar para existir próximo à Miami Beach, com o projeto de arquitetura de dois suíços – Herzog e de Meuron. Foi nomeado Pérez em homenagem ao bilionário Jorge Pérez, que há décadas já financiava o museu e ainda completou com mais 35 milhões de dólares em dinheiro e em obras de arte para a reforma do lugar. Acho que valia o nome dele ali mesmo.

O espaço abriga arte contemporânea dos séculos 20 e 21 de diversas partes do mundo. Baldessari, Purvis Young, Rosenquist, Kiki Smith são alguns nomes com artes no acervo do museu, e constantemente eles têm exibições de artistas contemporâneos do Japão até Brasil.

Exposição no Perez Art Museum Miami

Exposição no Perez Art Museum Miami
Por que visitar esse museu? Vou te dar dois motivos.
O primeiro é porque o acervo e a organização do museu é realmente muito bem feita. A curadoria planejou bem os espaços e os caminhos que você toma para chegar em cada sala. As exposições são bem selecionadas e as peças são visualmente lindas além de te fazer pensar sobre elas.

Algumas instalações são interativas, o que torna a experiência ainda mais imersiva – e menos chata se você acha museu muito paradão.

O segundo motivo é o museu em si. A arquitetura desse prédio é um troço de admirar por horas a fio. Assim que você chega, você já toma esse tapa aqui na cara:

Perez Art Museum Miami

A arquitetura do museu é de cair o queixo.

E depois, se quiser, gaste um tempinho na loja e cafeteria do museu, com um monte de coisas criativas inspiradas pelas exposições, ou delicie-se com um passeio na orla do parque onde o museu foi construído. O pôr-do-sol ali é incrível.

Chegando após o almoço, se for no dia gratuito, pode ser complicado de encontrar vaga, mesmo no estacionamento pago. Eu diria que 3 a 4 horas ali é suficiente para ver provavelmente todas as exibições. Mas se você gostar mesmo de museus, chegue às 14h e só saia quando fechar.

Depois de sair do museu, você vai estar com fome de novo eu imagino. Então, pegue seu carro ou Uber e volte para Miami Beach para fechar com mais um delicioso café.

Lanche noturno no Shepherd Artisan Coffee

Não muito longe do Aroma, você encontra essas cadeirinhas charmosas na rua te convidando pra entrar e descobrir o que tem aqui. Esse foi o melhor café que encontramos dos que fomos em Miami. Eu e Sr. Namorado preferimos sentar do lado de fora, pelo calor,

Fachada do Shepherds Artisan Coffee

Equipe do Shepherds Artisan Coffee
O atendimento é muito amigável, pra não dizer informal. Os baristas e atendentes fazem piadas e posam para as fotos. Peça uma indicação do que está mais fresquinho de todas as opções de doces e comidinhas do balcão, e complemente com um sanduíche que vai ser praticamente o seu jantar de tão caprichado e saboroso. Eu pedi um sanduíche de salmão defumado com creamcheese esperando receber um lanchinho, mas ele era tão gigante que Sr. Namorado me ajudou a terminar.

Granola caseira feita na hora

Parte interna do Shepherds Artisan Coffee
Lá eles também servem copos de iogurtes com frutas e granola, de vários sabores, além de sucos naturais e até açaí.

Existem duas casas em Miami Beach, mas esta que estou deixando o endereço aqui fica aberta até mais tarde e conta até mesmo com uma carta de drinks alcoolicos e não-alcoolicos, para você tomar enquanto sente a vibe de Miami Beach a noite.

Cadeiras do Shepherds Artisan Coffee

Depois de sair daqui, você pode pegar seu carro e ir direto pra casa, ou curtir um pouco a praia de Miami Beach a noite, ver a população curtindo, ou curtir você mesmo tomando uns bons drinks e apreciando o pôr-do-sol.

O que eu gosto em Miami Beach, aquela área específica, é como ela consegue ser badalada e tranquila ao mesmo tempo. Prédios enormes e carros absurdamente caros de milionários passam por você o tempo todo ao mesmo tempo que a cena hipster e os jovens cools caminham pelas ruas seguindo com a vida. Isso é Miami Beach.

Comer e Beber:
  • Aroma Espresso Bar
    Site | Instagram | Facebook
  • Endereço
    540 Collins Avenue, Miami Beach, FL
  • Horário de funcionamento
    Todos os dias – 7:00 às 17:00
  • Iced Aroma (café gelado com leite) – $ 5,25 o menor tamanho
    Salada de bulgur wheat e queijo libanês – $ 8,99
  • Shepherd Artisan Coffee
    Site | Instagram | Facebook
  • Endereço
    919 Collins Ave, Miami Beach, FL
  • Horário de funcionamento
    Todos os dias – 7:30 às 22:00
  • Espresso – $ 2,20
    Salmão defumado e creamcheese (Smoked Salmon)
Visitar:
  • Pérez Art Museum Miami (PAMM)
    Site | Instagram | Facebook
  • Endereço
    1103 Biscayne Blvd, Miami, FL
  • Horário de funcionamento
    Sexta a terça – 10:00 às 18:00
    Quarta fechado.
    Quinta – 10:00 às 21:00
  • Ingresso: $ 16 para adultos e crianças abaixo de 6 anos não pagam.
    Entradas gratuitas: todo segundo sábado e toda primeira quinta do mês.

SaveSave

SaveSaveSaveSave

SaveSave

Comente(0)
Comente pelo Facebook
Comente pelo blog
Topo