ViagensBrasil • 28/10/2017

#viajando – Búzios (RJ) – Escolha aqui qual praia ir em Búzios

Dizer que foi pra Búzios pra não ver praia devia ser um crime. Olha que eu nem sou tão fã de praia. O calor não é meu amigo, eu tenho medo de mergulhar no mar desde que levei um caldo quando era pequena, tenho pavor de alga enroscando no pé, e tenho sérias dúvidas sobre a efetividade de banhos para remoção de areia do corpo.
Mas é que Búzios tem praia pra, literalmente, qualquer gosto. Name it.

Você gosta de praia com onda e mar agitado? Geribá.
Você gosta de água parada, quase piscina? Praia do Canto.
Você gosta de praia deserta, só você e a areia? Praia da Ferradurinha.
Você gosta de um belo visual numa praia afastada? Praia da Foca.
Você gosta de ficar na praia pra ver aquele pôr do sol inacreditável? Praia da Tartaruga.
Você gosta de praia perto do agito, do centro da cidade? Praia da Armação.
Você gosta de praia com quiosques pra passar o dia todo sem grilo e deixar as crianças nadarem? Praia da Ferradura.
Você gosta de passeios de barco para conhecer ilhas com outras praias mais intocadas? Ilha Feia, Ilha Rasa e Ilha da Âncora (onde você ainda mergulha se curtir isso também).
Você gosta de nudismo? Praia do Boi.
Você não gosta de praia nenhuma, prefere passear pela cidade? É só permanecer na Rua das Pedras e redondezas, ou alugar uma casa em algum condomínio com bastante infraestrutura, algo que tem de monte por lá.

Vou mostrar as praias que vi pela ordem de visita.

Praia de Geribá
Ela foi a primeira porque o Airbnb que alugamos ficava de frente para ela, literalmente. Eram menos de 10 metros da casa pra areia. Na baixa temporada, a praia fica bem tranquila, ao ponto dos moradores passearem por ela com seus cachorros. O mar é bem agitado e forte, com ondas suficientes para atrair surfistas. No canto direito da praia, tem algumas pedras que dá pra subir com tranquilidade e tirar algumas belas fotos.

Praia de Geribá em Búzios, no Rio de Janeiro.

Praia de Geribá em Búzios, no Rio de Janeiro.

Praia de Geribá em Búzios, no Rio de Janeiro.

Praia de Geribá em Búzios, no Rio de Janeiro.

Já no pôr-do-sol.

 

Praia da Ferradurinha
Se você estiver na Geribá, chegar na Ferradurinha é um pulo. À esquerda da praia, logo no fim, tem uma saída para as ruas de carros e ali mesmo você já vê “placas” (na verdade, as palavras escritas com tinta no muro das casas mesmo) indicando o caminho secreto para a Ferradurinha. Você passa por entre as residências (prepare a narina: um pedaço do trecho estreito fede loucamente a xixi) em ruas de pedra até chegar à Ferradurinha. Leva uns 5 minutos.
A Ferradurinha foi uma das que achei mais bonitas. O mar estava mais calmo e não achei a água tão gelada. Há formações de pedras na direita que você também pode subir com facilidade para tirar fotos lá de cima. Atenção para as ondas, se o mar estiver muito agitado, não vá muito longe nas pedras pois elas batiam bem forte nas pedras várias vezes e um caldo ali pode ser fatal.

Praia da Ferradurinha em Búzios, no Rio de Janeiro.

Caminho para a praia da Ferradurinha

O caminho pra chegar na praia tem essas “placas”.

Praia da Tartaruga
O boato de que o pôr-do-sol é o melhor na praia da Tartaruga é completamente verdadeiro. Fomos nela correndo no fim do dia, para alcançar esse momento. Bem na entrada, tem um restaurante mais chiqueroso que você pode optar para ver o pôr-do-sol confortavelmente, mas nós fomos mais “radicais”. Descendo a escadinha, bem de frente, há um conjunto de pedras pra dentro do mar, que durante a maré um pouco mais baixa é possível chegar a pé se você for com bastante cuidado para não escorregar no lodo e na areia fofa. Em cima dessa pedra, se o céu estiver pintado com algumas poucas nuvens pra que os raios do sol desenhem entre elas, eu garanto a você que vai ser o pôr-do-sol mais inesquecível da sua vida. Levamos o celular para fotos, mas sinceramente eu esqueci de bater enquanto estava na pedra.
Fora o pôr-do-sol incrível, voltamos outro dia porque achamos que lá tinha a água menos fria de Búzios. Tomamos uns bons drink e comemos um “kit peixe” que parece ser comum pelas barraquinhas de lá – vem camarão empanado, peixe empanado, batata frita e lula frita. Alimenta umas 4 pessoas se ninguém estiver morrendo de fome. O drink é paga um, leva dois – pelo menos para aquele dia fora de temporada quando só tínhamos nós e mais umas 3 famílias na praia inteira.

 

 
Praia do Canto
A gente não ficou muito nessa praia, mas como eu estava na meta de ver todas que eu pude, passamos rapidamente, eu, minha mãe, meu primo e a namorada dele. De todas, foi a que eu vi a cor do mar mais bonita. No primeiro dia e também no seguinte, quando visitamos um café com vista para a praia. Também é a maior que eu vi em Búzios, com areia a perder de vista.
A famosa Rua das Pedras fica logo atrás do conjunto de casas e lojas que separam a praia da rua.

Praia do Canto em Búzios, no Rio de Janeiro.

Praia do Canto em Búzios, no Rio de Janeiro.

Da Rua das Pedras até a praia, tem diversos passeios como esse pra cruzar.

 

 
Praia da Armação
Talvez a mais famosa, não por suas extensas areias, mas pelas atrações, pois é na orla dela que você encontra a estátua de Brigitte Bardot, a de Juscelino Kubitschek, a obra Os Três Pescadores e inúmeros restaurantes para você torrar seu dinheiro. Sim, torrar, pois duvido que encontre um lugar de preço mediano nessa rua. A vista de frente pro mar permite que qualquer lugar ali seja ostensivamente caro. Nela você também encontra algumas boates e casas de shows, para quem curte.
É bacana passear a pé por toda a extensão da praia, pois tem uma calçada e alguns pontos pra você parar, descansar e tirar fotos.

Praia da Armação em Búzios.

Juscelino Kubitschek

A estátua do Juscelino Kubitschek.

A estátua da Brigitte Bardot fica observando a praia a vida toda.

 

 
Praia da Foca
Minha praia favorita. Pequena, isolada, preservada e linda: juntou tudo o que eu queria. Pra chegar nela, você segue um pequeno caminho de terra que nem sei se posso chamar de trilha, porque demora uns 5 minutos. Depois dele, você chega em uma parte de mar, mas ainda não é a praia. Siga à direita e aí sim, chegou na Praia da Foca.
O boato diz que um dia uma foca foi vista por ali, talvez perdida, e desde então esse foi o nome que deram pro lugar. Tem uma formação rochosa à direita que da pra subir, dependendo da maré, e rende fotos lindas do topo. Bem vazia provavelmente pela distância da cidade, lá não tem nenhuma infraestrutura então não conte com barraquinha pra refri ou água. Leve sua comidinha se for ficar por lá bastante tempo.

Praia da Foca em Búzios

Praia da Foca em Búzios

O caminho para a praia da Foca

Trilha para chegar a praia da Foca

Uma fácil trilha de 5 minutos até chegar na praia da Foca.

 

 
Mirante próximo à praia da Foca
Extra: Saindo da Praia da Foca, subindo para a esquerda, você chega em um tipo de mirante – também sem muita infraestrutura. De lá, da pra ver toda a Praia da Foca de cima, o outro lado da praia que você passou antes de chegar até ela e a Praia do Forno, que fica mais distante. Belas fotos lá de cima e uma vista de tirar o fôlego.

Mirante perto da praia da Foca em Búzios.

 

 
Praia da Ferradura
Seguindo pelo caminho do mirante improvisado, você rapidinho chega na Praia da Ferradura. O nome a torna óbvia: ela tem o formato de uma ferradura enorme. A praia é extensa e tem diversos points pra você ficar, com comidinhas e bebidas. Lá tem aluguel de pedalinho e as águas pareciam calmas o suficiente para fazer stand up paddle. Um mar calmo assim é perfeito pra crianças, e tinha algumas nas águas se divertindo tranquilamente.

Praia da Ferradura em Búzios

Praia da Ferradura em Búzios

 

É, foi isso, ufa!
E digo mais, ainda faltaram muitas praias por lá pra eu ver pessoalmente. O lugar é uma infinidade de praias que garantem diversão diversificada todos os dias da sua estadia. Então aproveite e conheça também!

Comente(0)
Comente pelo Facebook
Comente pelo blog
Topo