ViagensEuropa • 08/01/2018

#planejecomigo – Próximo destino: Holanda e Bélgica

Está chegando outro período de férias e é claro que isso só pode significar duas coisas pra mim: ou economizar dinheiro ficando quietinha em casa, ou viajar.
Bem, em dias loucos na madrugada tomando café com os amigos, acabamos olhando passagens baratas pelo mundo e voilá…

Vamos pra Holanda e Bélgica!

Prédios antigos em Amsterdã.

Prédios antigos nos canais de Amsterdã: mal posso esperar! Foto daqui.


Como começou:
Foi basicamente isso mesmo que descrevi acima. Sem nada pra fazer, eu começo a olhar passagens baratas em datas que eu poderia viajar. E foi assim que encontramos, eu, Sr. Namorado e um casal de amigos, passagens do Rio de Janeiro para Holanda por 2 mil reais apenas, ida e volta, com malas. Achamos um preço MUITO bom. Buscamos passagens por pontos de Brasília para o RJ, mas acabamos pagando por elas também pois o preço estava bom e não queríamos torrar os pontos a toa. Vamos pagar a parte as bagagens na viagem nacional, graças às novas regras, mas ainda sim o valor total a ser considerado para viajar de Brasília para a Holanda ficou muito em conta.

Como decidimos ficar 15 dias, todas os dias das nossas férias, acabamos dando uma olhada pela Bélgica, já que lá é tudo tão pertinho, de carro ou de trem. A maioria dos blogs de viagem reafirmam que Amsterdam, Bruxelas e demais cidades dos dois países são pequenas e visitáveis em dois ou três dias cada, portanto tínhamos bastante tempo pra torrar em outros lugares.

Acabamos desenvolvendo uma pequena roadtrip entre Holanda e Bélgica.

 

 


O aluguel:
Pra definir nossas hospedagens, primeiro decidimos em quais cidades iríamos e em quais delas iríamos dormir efetivamente. Como tudo lá é próximo, tem cidades que vamos visitar mas ainda dormiremos em Amsterdã, por exemplo.
Definido isso, partimos para ver hospedagens, entre Airbnbs e hotéis. Pesquisamos bastante, e gente, não sei se concluímos corretamente, mas aparentemente era mais barato ficar em um hotel do que um Airbnb (lugar inteiro).

Somos 4 pessoas, dois casais, então os Airbnbs que encontrávamos precisavam ser o lugar inteiro pra que a viagem não fosse muito esquisita para todos. Até temos bastante intimidade (até demais algumas vezes hahaha), mas privacidade de casal é sempre bom. Nesses moldes, encontrávamos somente preços como 150 reais para cada um por dia. E os hotéis? Achamos hotéis próximos do centro, com quartos separados (e alguns até temáticos como o Arcade), por 120, 110 reais por pessoa a diária.

A única cidade que tinha Airbnbs baratos e igualmente bons foi Bruxelas. Aliás todos os Airbnbs de lá são maravilhosos, de capa de revista de decoração, e por preços incríveis.

Ainda estou tentando entender o motivo. Eu argumentei com a equipe de viagem (hahaha) que talvez seja mais comum nesses países dividir uma casa, oferecer um quarto ou algo assim, como li em alguns lugares.

Mas num geral é interessante, se você estiver indo pra lá, pesquisar também hotéis, que podem apresentar valores bons dependendo da viagem que você quer fazer.

Praça em Bruxelas, na Bélgica.

Praça em Bruxelas, na Bélgica. Foto daqui.

 

 


A passagem:
Já expliquei no primeiro tópico, mas basicamente nossa viagem ida e volta, de Brasília para Holanda, ficou uns R$ 2.500,00 para cada pessoa – contando com uma previsão de quanto pagaremos pelas malas no trecho nacional.

Saímos de Brasília, quicamos no RJ, voamos pra Roma e de lá chegamos em Amsterdã. Se não me engano, até temos horas suficientes em Roma para fingir que visitamos a Itália.
Vamos no dia 26/2 e voltamos dia 10/03!

 

 


O carro:
Sim, sabemos que Holanda e Bélgica prega o uso das bicicletas. Sabemos que as cidades às vezes nem tem onde estacionar um carro. Sabemos que trem vai pra todo canto por lá. Mas a gente decidiu alugar um carro quando começarmos a roadtrip efetiva. Ficamos alguns dias em Amsterdã e, depois, para ir para Bélgica, alugaremos o carro e ficaremos com ele até o fim da viagem.

Nossa lógica foi a seguinte: somos quatro pessoas, quatro ou mais malas grandes pois ficaremos 15 dias, e visitaremos diversas cidades. Poderíamos sim ir de trem pra lá e pra cá, mas seria uma correria enorme voar pra lá e pra cá com essas malas e tentando otimizar nosso tempo para ver tudo que é possível ver. É mais conveniente ter um carro. Claro que nas cidades, depois de estacionado, vamos passear a pé ou de bike.

Já fechamos um roteirinho de cidades onde vamos, que vou postar aqui em breve. Se alguém tiver dicas da Holanda e Bélgica (incluem dicas de o que e onde comer por lá!) deixe aqui nos comentários! 🙂

SaveSave

SaveSave

Comente(1)
Comente pelo Facebook
Comente pelo blog
  1. […] com abacaxi – saibam que são programadas, tão prontas tem tempo, e eu estou bem longe nos confins da Holanda e Bélgica sem poder resolver isso hahaha. Espero que […]

Topo